Crescendo – Capítulo 5

Okay, depois de um hiato enorme (esse livro é um saco, faculdade, essas coisas), volto a postar um capítulo. Bem, então depois de achar que tinha visto o pai e ter sido descoberta por nosso amigo com padrinhos mágicos, Scott, Nora vai para o banheiro feminino chorar, e o garoto de boné rosa a segue, questionando o que ela faria no banheiro masculino.

“Eu achei ter visto meu pai,” Eu retruquei, juntando toda a raiva que eu podia para mascarar a dor perfurante dentro de mim. “Pronto. Satisfeito?”
Eu amassei a toalha de papel e a joguei no lixo. Estava me dirigindo para a saída quando Scott deixou que a porta se fechasse e se debruçou sobre ela, me bloqueando.
“Assim que encontrarem quem fez isso e o prenderem pro resto da vida, você vai se sentir melhor.”
“Obrigada pelo pior conselho que já recebi,” eu disse amargamente, pensando que a única coisa que faria eu me sentir melhor seria ter meu pai de volta.

… Incrível como quando o Patch fala sobre seu pai morto e suas tentativas de suicídio de uma forma super creepy você comenta que ele “soava sincero” quando te dava pêsames, mas quando o Scott de fato TENTA fazer você se sentir melhor, você é rude, tudo bem que o Scott não é exatamente a definição de um Nice Guy, mas caramba.

Scott chama a Nora para ir com ele jogar sinuca e- peraí, sinuca? … Meu deus, é o Patch todo de novo. Nora percebe isso e se recusa porque não quer se lembrar dele.

Me lembrei daquela primeira noite, em que o segui para terminar o trabalho de biologia e o encontrei jogando sinuca no porão do Bo’s. Me lembrei de quando ele me ensinou a jogar. Me lembrei de como ele ficou atrás de mim, tão perto que senti eletricidade.

Nora depois se encontra com Vee, elas pegam chuva, e Nora comenta sobre como… Suas roupas… Pareciam gelo pintado na pele? Sério, Fitzpatrick, pintado? Como alguém pinta gelo na pele?

Elas chegam à casa da Nora, e a tempestade piora. Vee iria ficar com a Nora, mas prometeu se encontrar o Rixon, então deixa Nora sozinha no casarão. Nora vai tomar banho e a luz acaba, então ela, com medinho, vai procurar velas.

“Não estava escuro o sufifiente para que eu precisasse das velas para ver, Mas eu gostava da idéia de clarear o local o máximo possível, especialmente porque eu estava sozinha. A luz costumava manter os monstros da minha imaginação sob controle.”

Sendo a Nora, não duvido que os monstros sejam esses.

Ela vê uma sombra de coelho assassino gigante correndo do lado de fora e tenta se convencer que é apenas um coelho assassino gigante coiote. O telefone da Nora toca e ela o atende, esperando que seja a Vee ou a mãe dela.

“Alô?”

Eu esperei.

“Alô?”

A estática chiava no meu ouvido.

“Alô, Becca Fitzpatrick? Aqui quem fala é Matthew Murdock, sou advogado e estou representando os senhores da Dreamworks, a Stephenie Meyer e os doze Apóstolos. O assunto é um processo por plágio.”

Depois disso, ela fica com mais medo ainda, e, como qualquer pessoa normal… Pensa no ex-namorado. Deixe-me resumir os três parágrafos seguintes: “Blábláblá Patch Blábláblá terminamos blábláblá ele não me liga blábláblá medo blábláblá vou ligar pro Scott!”

Peraí, COMO?

Vamos entender isso direito: Scott tem –passado com delinquüencia, você suspeita que ele abuse da mãe, e você PRETENDE CHAMÁ-LO QUANDO ESTÁ SOZINHA EM CASA VESTINDO APENAS UMA MALDITA TOALHA?

SUA IMBECIL, PORQUE VOCÊ FARIA ISSO?!

Eu queria dar o dedo para o Patch. Se ele achava que eu iria me sentar e chorar por causa dele, ele estava enganado.

Mas sentar e chorar foi o que você fez até agora!

Talvez o Scott realmente fosse um Nephilim. Talvez ele fosse até mesmo um problema. Talvez ele fosse exatamente o tipo de cara que eu deveria evitar. Senti um sorriso duro cruzar meu rosto conforme percebi que não importava o que eu havia feito ou o que o Scott poderia fazer, o Patch teria que me proteger.

Em primeiro lugar, um sorriso duro. Juro que dá pra tirar sarro desse livro só representando tudo que a Fitzpatrick escreve literalmente.
Em segundo lugar: Então, ela vai andar por aí com um delinqüente, porque assim o Patch vai ter que intervir, porque só ele pode protegê-la de um possível Nephilim. Mas aparentemente não de coelhos gigantes assassinos.

Ela realmente vai se colocar numa situação dessas SÓ PRO PATCH PROTEGÊ-LA?

Caramba, parece até uma certa garota chata de Forks que ama um vampiro purpurinado.

Okay, continuando com essa tortura, ela e o Scott vão para um lugar chamado “The Z Pool Hall”, o Scott deixa a Nora esperando do lado de fora enquanto ele vai procurar um caixa eletrônico. Num beco vazio. Nora decide que tentar espionar o que ele está fazendo pelas janelas e entra no lugar muito agradável e legal que é cheio de caras enormes e mal encarados e cheira a suor e cigarros. Sozinha.

Sério, quantos neurônios essa garota tem?

Ela não encontra uma janela, mas decide que vai usar a porta dos fundos e fingir que foi tomar ar… E é aí que nós temos:

Mãos agarraram a gola da minha jaqueta jeans, me puxaram , e me encurralaram contra a parede externa de tijolos.
“O que você faz aqui?” Patch exigiu. A chuva chiava atrás dele, escorrendo da cobertura de metal.

OH MEU DEUS ELE VOLTOU ISSO É TÃO LEGAL.

Exceto que não.

Então, bem, Patch confirma que Scott é um Nephilim, e que ele faz parte de uma Sociedade Super Secreta™ que quer fazer com que os Nephilins não tenham mais que ceder seus corpos aos anjos caídos, o que faria com que eles tivessem que possuir humanos, mas humanos são criaturas frágeis então eles morreriam, ou seja, haveriam milhares de mortes humanas todo Cheshvan. Depois disso os dois têm uma briguinha porque Patch quer que a Nora vá embora porque o lugar é muito perigoso (Nããããão, juuura?) e quer que ela pare de andar com o Scott.

“Senti a ira borbulhando. Como ele ousava assumir que eu era fraca e indefesa.”

VOCÊ É, CARAMBA. Você montou toda essa droga de esqueminha pra fazer ele te proteger e agora, quando ele decide fazer isso, você ARREGA. Você, Nora, é uma perfeita mula.

Ela então decide mostrar de vez que é uma anta e dispensa o Patch das suas tarefas como anjo da guarda.

“Após um silêncio pesado, Patch pôs o braço atrás de mim e enfiou algo no fundo do bolso de trás do meu jeans. Eu não sabia dizer se era só impressão, ou se a mão dele ahavia ficado lá um pouco mais do que o necessário.”

Patch então diz que é dinheiro e que, como mais da metade dos caras muito amigáveis lá dentro estavam armados, caso ela visse alguém suspeito deveria jogar o dinheiro longe e sair correndo. Porque aparentemente, a mente deles funciona assim:

“RAAAAAAWR GAROTA EU VOU TE PE- OOOOOOOOH, DINHEIRO!!!”

Nora então nota que, tendo dispensado-o ou não, ele ainda é obrigado a protegê-la, e é isso que ela vai fazer com que ele faça… E ela ainda fica irritada porque ele a acha fraca e indefesa.

O Patch abre a porta para ela entrar e depois a fecha atrás dela. E ela faz questão de notar que “o músculo do braço dele estava rígido”. Ugh.

Bem, esse capítulo acaba aqui. Vou tentar manter os posts seguintes mais freqüentes, mas não posso exatamente prometer um prazo.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Lisandra  On março 13, 2012 at 10:56 pm

    Quaando vse vai continuarr ?

    • inugamimochi  On março 14, 2012 at 1:24 am

      Nossa, um comentário depois disso tanto tempo abandonado? E de alguém que eu não conheço? Me surpreendi xD

      Eu pretendo continuar quando a minha faculdade me der uma folga (conhecendo meus professores, provavelmente só nas férias).

      • Lisandra  On julho 18, 2012 at 12:14 am

        aah, eu senti saudd. eu gosto da seria , mais eu rio mt com os seus comentarios u-u. e vs n ta de ferias?. Eu to revoltando. VOLTA CARALH@ (Zoando kkk )

  • Raysa  On março 19, 2012 at 3:20 am

    Eu adorei, confesso q gostei muitissimo do primeiro livro da serie, mas quando comecei aler o segundo livro, achei ridiculo.
    To morrendo d rir, vc e d+.

  • Larissa  On abril 24, 2012 at 12:09 am

    Pelo amor de Deus continue zoando com sussurro,apesar de gostar da série eu quase morro de rir com esse blog.Continue por favor????

  • Alysson Souza  On agosto 9, 2012 at 11:35 pm

    HAHAHA, ADOREI O SEU BLOG!
    Se puder visitar o meu http://taimelaine.wordpress.com/ agradeço!

  • Lara P.  On janeiro 25, 2013 at 7:06 pm

    AAAHHHH NNÃÃÃOOO!Por favor, por favor, por favor, por favor! Eu juro que se vc escrever todos os capítulos de todos os livros(tarefa provavelmente insuportável e extremamente irritante pra vc!), eu vou visitar esse blog ATÉ O FIM DA MINHA VIDA!kkk mentira, só até acabar de ler todos os livros! Mas juro que vou fazer MUITA propaganda desse spork pra todo mundo que eu conheço… por favor, n para não…!Tenha forças!

  • tawanne  On abril 20, 2013 at 7:04 pm

    por favor continue escrevndo amei seus posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: